Valdique Pinheiro

Valdique Pinheiro Alves nasceu em Serranópolis de Minas em 06/02/1950.

Graduou-se Técnico Agrícola pela Escola Agrotécnica Federal de Januária/MG.

Ingressou no Instituto Estadual de Florestas - IEF em 25/05/1976 atuando como Chefe do Escritório Florestal de Conceição do Mato Dentro, onde permaneceu até 30/04/1984.

Após breve afastamento, retornou à Instituição em 07/04/1986 como Chefe do Escritório Florestal de Grão Mogol, onde permaneceu até 01/07/1987.

Retorna à Chefia do Escritório Florestal de Conceição do Mato Dentro em 02/07/1987, onde permanece até os dias de hoje.

Durante todo o tempo na instituição, isto é, durante seus quase 40 anos de serviços, vem se dedicando de maneira incansável na gerência técnica e administrativa de forma atingir o cumprimento da missão institucional do IEF e, desta forma, contribuindo decisivamente para a melhoria da qualidade ambiental em suas regiões de atuação.

Em toda a sua trajetória vem atuando de forma firme, eficiente e assertiva em todas as atividades afetas ao IEF, quer seja nas ações de fomento florestal, controle e fiscalização da exploração dos recursos florestais e da pesca; controle de consumidores e comerciantes de produtos e sub produtos da flora; apoio na criação e manutenção da qualidade de Unidades de Conservação; ações de educação ambiental aos diversos públicos, sejam eles os produtores rurais, estudantes, além da comunidade em geral.

O perfil do Senhor Valdique Pinheiro Alves e sua conduta implicou no reconhecimento pelos mais diversos segmentos da sociedade de sua importância para a preservação, conservação e uso racional dos recursos naturais, fato que indiretamente atribui ao IEF o mesmo grau de importância.

Mais recentemente, no princípio de 2006, foi acometido por uma enfermidade que forçou seu afastamento por aproximadamente dois anos.

Porém, durante todo esse tempo, seu discurso foi sempre o mesmo: Ainda volto a trabalhar pelo IEF!!!

Pois bem, no princípio de 2008, o Senhor Valdique Pinheiro Alves voltou a trabalhar.

Hoje novamente compõe efetivamente a equipe de técnicos de campo da Unidade Regional Alto Jequitinhonha do IEF e, mesmo com todas as dificuldades, reflexos da doença, não se deixa abater e assim, permanece desempenhando com o mesmo vigor e comprometimento de sempre sua missão na instituição.

Diante de todo o relato, seja em função de sua contribuição objetiva como extencionista florestal, no controle florestal e educação ambiental, a história do Senhor Valdique Pinheiro Alves é um exemplo, não só para os funcionários do IEF, mas para toda a sociedade.